Breadcrumbs

A mão amiga

Brincadeiras manuais para Ele

Apesar da humilde mão ser muitas vezes evitada em favor de sexo oral ou sexo penetrativo, não existe nenhuma razão para que não seja igualmente satisfatório. Seja porque estás à procura de uma maneira divertida para te divertires nos primeiros dias da relação, uma forma de lhe dar prazer quando não estás com vontade ou uma grande forma de preliminares que também irá ensinar muito sobre o seu corpo, usar as mãos no teu homem não deve ser subestimado.

Os lubrificantes podem fazer com que tudo flua de forma muito mais suave: reduz o atrito, faz com que a tua mão deslize mais facilmente e abre muitas possibilidades para diferentes técnicas.

Aplicar o lubrificante nas tuas mãos para o aquecer primeiro – lubrificantes que aquecem ou que dão a sensação de formigueiro podem dar uma emoção extra – e depois acaricia o teu homem desde a base do pénis à ponta da glande. Escuta bem o seu corpo, assim como os seus gemidos porque, se ele se arquear para ti, são muito boas as hipóteses de que estejas a fazer tudo (muito) bem. O frénulo (o ligamento do prepúcio à glande) pode ser particularmente sensível, e fazer com o o polegar deslize sobre ele, sempre que fizeres um movimento, isso pode dar uma sensação fabulosa.

Não uses apenas uma mão: deixa que a outra explore as zonas erógenas. Sabes que alguns homens gostam de brincadeiras com bolas: tenta acariciá-las suavemente, segurá-las ou puxá-las suavemente enquanto acaricias o resto. E se ele gostar de estimulação na próstata, tenta combinar isso enquanto o masturbas.

Em alternativa, usa as duas mãos no principal. Tenta entrelaçar os dedos (mas lubrifica as palmas das tuas mãos primeiro) e depois desliza sobre o membro, pulsando as palmas com o movimento. Novamente, em alternativa usa uma mão para acariciar para cima e para baixo enquanto a outra tapa a cabeça do pénis, circularmente (num movimento que o especialista em sexo Lou Paget chama de “Espremer a laranja”). E se fores bem dotada, podes sempre uma mão em cima de outra de forma a rodear confortavelmente o seu membro.

Melhor que tudo, aprender com o próprio homem. Pede ao teu amante para se masturbar à tua frente, colocando a tua mão por cima para perceber que força ele usa ao apertar, o quão rápido se move e onde posiciona os seus dedos. Podes ter a certeza que ele terá muito mais prática do que tu, e saberá exatamente como dar prazer a si mesmo. Copia os seus movimentos e não te vais dar mal.

Não uses apenas uma mão: deixa que a outra explore as zonas erógenas.