Breadcrumbs

A vida sexual dos teus sonhos?

Transformar a fantasia em realidade

Quase toda a gente tem fantasias sexuais de alguma descrição, desde ver o amante em meias e suspensórios até cenários mais complexos, com acessórios excêntricos em abundância. Enquanto algumas das fantasias é melhor que guardes para ti (sexo em grupo envolvendo o melhor amigo do teu parceiro…) partilhar alguns dos teus desejos mais íntimos pode ser uma ótima forma de te ligares com o teu parceiro.

Comunicar os teus desejos com o teu parceiro pode tomar muitas formas: se fores muito tímida para falar na cara, podes trocar textos picantes, conversar pelo telefone ou chat, ou mesmo partilhar materiais eróticos para ser mais fácil de abordar o assunto. Seja qual for o método que uses, começa pelas fantasias mais leves e “sobe a temperatura” com base na reação do teu parceiro.

Um amante respeitador não te irá julgar por partilhares as tuas fantasias, pessoas diferentes gostam de coisas diferentes e não há garantia que ambos gostam do mesmo. Se um parceiro rejeitar uma ideia, não o censures ou amues: em vez disso, vê se existe algum terreno comum – ou considera trocarem fantasias: Eu faço a tua se fizeres a minha.
Se decidires viver a tua fantasia, assegura-te que estás familiarizada com todas as questões de segurança, e considera o potencial emocional assim como os efeitos físicos. Com algumas fantasias, podes decidir usá-las para inspirar uma linguagem mais obscena, mas deixa-as por aí.

Além disso, considera também a reação do teu parceiro. Só porque estão dispostos a experimentar algo, isso não significa que o apreciem: não deixes que a tua excitação te torne egoísta e que se sobreponha aos desejos do teu amante em detrimento dos teus. Por outro lado, não te sintas obrigado a dizer que sim a algo que não queiras mesmo fazer. É muito melhor ser honesto – sem ser desrespeitoso ou crítico – do que ignorar as tuas próprias necessidades.

Viver as fantasias pode ser divertido, mas se as coisas não correrem conforme planeado (ou mesmo algumas vezes, quando correm) irás reparar que o poder das fantasias desvanece com a luz da realidade. Pensa bem se estás na disposição de arriscar um potencial motivador de excitação pela ideia de veres concretizado os teus sonhos.

Se decidires que vais querer na mesma que a tua fantasia se realize, leva as coisas devagar e verifica muito bem a reação do teu parceiro. É melhor parar se achares que não está a apreciar tanto como tu – e não deixes o teu sentido de humor na porta do quarto. Relaxem, comuniquem, sejam honestos, e quem sabe poderás acrescentar toda uma nova dimensão à tua vida sexual.

Começa pelas fantasias mais leves e “sobe a temperatura” com base na reação do teu parceiro.