Breadcrumbs

Chegar ao clímax juntos agora mesmo a arte do orgasmo simultâneo

A arte do orgasmo simultâneo

O orgasmo simultâneo pode parecer elusivo, mas existe - e será mais fácil de alcançar com uma pequena ajuda das nossas dicas.

Apesar de não ser fácil, se realmente o conseguirem, a libertação conjunta de hormonas e a sensação de proximidade é uma ótima maneira de dares prazer à tua parceira e de aprofundarem a vossa ligação, para que se sintam mais próximos.

Descobre o que funciona

Então, por onde começar? Fundamentalmente, precisas de ter a certeza que estão ambos na mesma página - se a tua parceira está a pedir uma rapidinha e tu queres experimentar algo mais demorado, não vai funcionar.

Em seguida, precisas de saber aquilo que funciona para cada um de vocês e como dar mais prazer à tua parceira. Muitas vezes, chegar ao clímax juntos não acontece porque muitas mulheres demoram mais a ficarem excitadas do que os homens, e as mulheres precisam de mais do que penetração para chegarem ao orgasmo.

Se uma mulher normalmente só atinge o orgasmo com sexo oral ou com toques, muitas posições sexuais não irão dar suficiente estimulação clitoriana para recriar essa sensação, por isso precisas de criar contato ao escolher uma posição (uma como a mulher por cima funcionará perfeitamente). Balançar de trás para a frente, ao invés de investir, significa que o clítoris dela terá muito maior estimulação, enquanto tu terás menos probabilidades de atingir o orgasmo demasiado depressa do que se houver penetração profunda.

Experimenta posições onde o clítoris da mulher seja facilmente alcançável, e se o sexo oral for o que ela gosta, usa lubrificação extra para simulares o calor e a humidade da tua boca. Um vibrador pode também fazer maravilhas se ela tiver problemas em atingir o orgasmo durante o sexo.

A velocidade certa

Como muitas mulheres demoram mais a atingir o orgasmo do que os homens, muitos preliminares pode ser uma ótima maneira de nivelar os níveis de excitação de ambos.

Assim que estiveres pronto para o sexo, não tenhas medo de fazer uma pausa durante uns instantes se um de vocês estiver demasiado perto do orgasmo. Descansem um pouco e desfrutem de alguns beijos, carícias e palavras antes de recomeçarem. Ao mudarem aquilo que estão a fazer, irás continuar a dar prazer à tua parceira e a serem excitantes um para o outro, mas será controlado e quando o orgasmo acontecer, será mais intenso.

Tentem sincronizar as vossas respirações enquanto fazem amor e isto irá ajudar a que os ritmos dos vossos corpos estejam em sintonia. Para além disso, lembra-te que os exercícios pélvicos não são só para mulheres grávidas - os homens podem praticá-los para ajudar a adiar o orgasmo, por isso funcionam como um travão de mão durante o sexo.

A comunicação é essencial

Normalmente são os casais que estão juntos há algum tempo que aperfeiçoam a arte do orgasmo simultâneo - normalmente porque percebem os corpos um do outro e sabem comunicarem bem.

Experimenta usar um sistema de números de um a dez para explicares à tua parceira a proximidade que estás do orgasmo. É uma ótima maneira de garantir que um de vocês não se deixa levar demasiado antes do outro, e com um pouco de prática já não precisarão de voltar a utilizar os números, pois irão começar a compreender a linguagem corporal um do outro. Uma posição em que consigam ver a cara um do outro irá também contribuir para uma melhor comunicação.

Por fim, lembra-te que o mais importante para atingirem orgasmos simultâneos é relaxar. Quanto mais relaxados estiverem, maior será a probabilidade de isso acontecer.