Breadcrumbs

O Guia Durex para Brinquedos Sexuais: Os Afrodisíacos Funcionam?

Os Afrodisíacos Funcionam?

Não.

É tão simples quanto isso.

Pelo menos da forma que possas imaginar...

Não existem poções mágicas que tornem alguém fogoso na cama, contudo algumas das escolhas mais comuns como ostras, figos, malaguetas e chocolate podem ter benefícios surpreendentes na cama, dos quais podes tirar partido.

Ostras

As ostras são provavelmente o alimento que mais pessoas se lembram quando se fala de afrodisíacos, graças ao que nos é mostrado nos filmes e na televisão. Têm esta reputação romântica há milhares de anos, antes que qualquer benefício científico pudesse ser analisado e o seu suposto poder afinal é baseado na sua aparência e na sua semelhança com... bem, podes tentar adivinhar.
Contudo, durante estes milhares de anos, podiam estar no caminho de descobrir algo. As ostras contêm níveis muito altos de zinco e de ácido fólico, que são importantes para a produção de sémen e de esperma [1]. Para além disso, o facto de as ostras serem vistas como um alimento de luxo (e normalmente acompanhado por champanhe) e um pouco de decadência, podem fazer maravilhas pela tua libido.

Figos

Os figos são outro afrodisíaco famoso, venerado por quase todas as culturas ao longo da história por parecer uma parte do corpo... bem, a mesma parte do corpo.
Mas este é somente outro caso de o seu formato coincidir com a sua função, pois os figos estão repletos de antioxidantes, flavonoides e potássio, que são benéficos para a circulação.

Malaguetas

As malaguetas são certamente semelhantes a uma parte do corpo masculino, apesar de se poder dizer o mesmo de uma grande quantidade de frutos e vegetais. Contudo as malaguetas têm um papel muito maior neste aspeto, pois ao comê-las é despertada uma quantidade de reações no corpo. Endorfinas de prazer são libertadas e a temperatura corporal aumenta, juntamente com o aumento do batimento cardíaco e com a transpiração - que são funções corporais que são também despoletadas pela excitação sexual [2]. Contudo, uma coisa que te deves lembrar, é que deves ter cuidado ao comer malaguetas, e depois estares muito ansioso por usar a boca na tua parceira - pois a capsaicina nas malaguetas pode ser particularmente irritativo nas zona mais sensíveis!

Chocolate

Entre todos os supostos afrodisíacos, o chocolate é aquele que é mais verdadeiro. Tem um ponto de derretimento um pouco abaixo da temperatura corporal, o que faz com que tenha uma maior ligação com o corpo. E ainda mais, quando é comido do corpo do teu parceiro. Do ponto de vista químico, o chocolate contém serotonina, um químico associado com sentimentos de euforia [3]. Diz-se que Montezuma, o último regente dos Aztecas, bebia cinquenta copos de chocolate por dia, pelas propriedades sexuais que possuía - provavelmente será melhor começares com uma tablete ou duas, e vai aumentando a partir daí.

[1] S.S. Young, B. Eskenazi, F.M. Marchetti, et al
The association of folate, zinc and antioxidant intake with sperm aneuploidy in healthy non-smoking men Hum. Reprod. (2008) 23 (5): 1014-1022.
[2] www.nytimes.com/2010/02/10/dining/10erotic.html?pagewanted=all&_r=0
[3] www.science.howstuffworks.com/aphrodisiac3.htm

Imagens
Figo www.freeimages.com/photo/1442957
Malagueta www.freeimages.com/photo/1045962
Chocolate www.freeimages.com/photo/528163