OMG

Compreender o ponto G

O ponto G é uma das zonas erógenas favoritas dos media. A sua existência já foi questionada tantas vezes como a do monstro do “Lock Ness” e existe muito pouco consenso sobre o papel e a função desta área. Alguns afirmam de que se trata de uma extensão do clítoris. Outros, de que é imaginário. No entanto, enquanto as opiniões dos cientistas variam, uma coisa é certa: cada mulher é diferente.

Algumas mulheres têm uma área uns centímetros dentro da parede superior da sua vagina, que incha quando pressionado ou cariciado, e que pode dar sensações intensas de grande prazer. Outras acham que a mesma área simplesmente dá-lhes uma sensação de fazer chichi quando tocadas, e outras mulheres simplesmente não a conseguem achar. Esfregar diferentes partes dentro da vagina pode causar contrações musculares, e algumas mulheres relatam que ejaculam quando a área, que descrevem como o ponto G, é estimulada.

Para encontrar o ponto G, insere um dedo dentro da vagina e depois dobra a ponta como se fosses entortar o dedo para chamar alguém. Vai devagar e presta atenção à forma como sentes por debaixo do teu dedo: se encontrares o ponto G, deve inchar. Continua a pressionar ligeiramente, usando movimentos circulares para explorar e rapidamente te sentiras excitada pela estimulação no ponto G, ou não. Se isto se provar difícil, então um brinquedo sexual — idealmente com uma ponta curva — pode tornar a tua missão mais fácil.

Caso descubras que se trata de uma nova zona erógena, pensa sobre posições que a podem estimular. A posição de quatro (com a mulher sobre os joelhos e o homem atrás dela) e a posição de missionário levantado (com os tornozelos da mulher entrelaçados em volta do pescoço do homem) são ótimas formas de atingir o ponto G, e torna mais fácil para a mulher acariciar o seu clítoris também. Estimulação manual a partir de trás pode ser verdadeiramente eficaz assim como brinquedos sexuais com a ponta curva ou com curvas altamente definidas.

E se não conseguires encontrar o teu ponto G? Não te preocupes. Somos todas diferentes e a forma como funciona uma pessoa, pode ser um enorme decepção para outra. Quem sabe, talvez tenhas zonas erógenas só tuas...

O ponto G masculino

Os homens também têm o equivalente ao ponto G - conhecido como a glândula prostática. É uns centímetros dentro do ânus na parede superior. Nem todos os homens gostam da estimulação da próstata mas certamente vale a pena considerar, independentemente da sua sexualidade. Muitos homens exploram-na durante o auto prazer e isso também pode adicionar prazer a outras brincadeiras sexuais, se for devagar, lubrificado e de uma forma segura.

Enquanto as opiniões dos cientistas variam, uma coisa é certa. Cada mulher é diferente.