Breadcrumbs

Falar sobre posições sexuais: Bloggers Revelam Tudo

Pessoas revelam tudo sobre sexo real

A comunicação é muito importante em todos os pontos de um relacionamento. Quer seja a decidir o filme que vão ver ou o que vão jantar, todos sabemos que ser honesto sobre as pequenas coisas leva a uma relação mais saudável, e mais forte a longo prazo. O mesmo se aplica quando o assunto é sexo ou posições sexuais.

Mesmo num relacionamento de longa duração, é normal encontrares este tipo de desafios (por vezes, é ainda mais desafiador se estiveres com o teu parceiro(a) há muito tempo, pois já desenvolveram determinadas rotinas sexuais). Mas se estás a tentar apimentar um pouco as coisas e tentar novas posições, é uma conversa que vale a pena ter e que poderá tornar o sexo mais divertido para ambos.

Discussões Espontâneas

A espontaneidade é fantástica no quarto. Mas as palavras erradas podem fazer com que o teu parceiro(a) te interprete mal. E não há necessidade de um grande monólogo. Pergunta simplesmente: "Gostavas de experimentar isto?" esta pode ser uma excelente maneira de abordar o assunto, uma vez que convidas o teu parceiro(a) a discutir o assunto sem que se sinta pressionado.

Afinal, vocês estão juntos nisto. Se o teu parceiro(a) não tem a certeza de como realizar o movimento que pretendes, é importante que vás com calma: guiá-lo(a) e mostrar-lhe onde gostarias que ele colocasse as mãos. Desta forma estás a liderar em vez de controlar.

P. Quão importante é comunicar quando o tema é sexo?

“É muito importante. Esconder os sentimentos sexuais pode ser um hábito perigoso.” – Orla

“Mesmo que sintas que certas posições possam ser impossíveis de experimentar, há, normalmente, maneiras de contornar todas as dificuldades, como usar almofadas para elevar áreas do corpo ou ajustar a posição para que não seja tão complicada. Ele pode não ser capaz de aguentar muito tempo se estiver de pé, contra a parede, e se estiver a segurar-te ao mesmo tempo, mas se se sentar na borda da cama e tu te sentares no seu colo, poderá ser muito mais agradável para ambos. Sentes-te demasiado exposta em certas posições?  Coloca uma luz mais suave no teu quarto, ou começa com as luzes apagadas - podes ter que sentir o teu caminho até atingires a posição que pretendes!” - Cara

Uma Mente Aberta

Decidir falar sobre sexo é uma coisa, mas discutir realmente o tema não é assim tão simples, por vezes as palavras certas não saem e é fácil acabar por colocar o pé na argola. Tenta ser paciente com o teu parceiro(a): deixa-o(a) saber que estás lá para o ouvir e para fazer perguntas se te sentires confuso(a). Ele(a) pode estar a sentir-se tão inseguro(a) quanto tu estás. Se te sentes perdido(a) sobre que palavras escolher, porque não sugeres comprarem um livro sobre relações sexuais em conjunto, ou procuram, online, alguma inspiração na companhia um do outro?

P. Quão importante é ter uma atitude recetiva e aberta quando o parceiro quer conversar sobre sexo?

“Eu posso sentir-me tentada em levar aquilo que o meu parceiro diz como uma crítica. Mas se for importante para a nossa relação, eu vou tentar colocar o meu ego de lado e ouvir o que ele tem para dizer.” - Orla

Um Tempo e um Lugar

Muitos casais atingem um ponto no seu relacionamento em que as suas vidas sexuais se tornam numa "rotina". Embora isso possa ser frustrante, é importante não expor o tópico na altura errada. Por exemplo, ir buscar o tema da vida sexual durante uma discussão pode criar uma tensão desnecessária e emoções negativas em relação a algo que deve ser uma viagem emocionante e positiva para ambos.

Da mesma forma que pode não ser a melhor conversa para quando está prestes a conhecer os teus sogros num jantar! Tenta escolher uma hora e um lugar onde se sintam à vontade. Talvez antes de se deitarem ou durante um fim-de-semana preguiçoso, desta forma podem discutir com tempo e experimentarem algumas técnicas novas.

P. Existe algum conselho sobre sexo ou posições sexuais que gostasses de dar ao teu “eu” mais jovem?

“Não deixes que a tua autoestima se meta no teu caminho da experimentação. Se ele te despiu, é porque está interessado em ti. Relaxa e deixa-te ir.” – Vicky

 “Se houver alguma posição com a qual não estejas confortável, não tenhas medo de partilhar. Tal como é importante ter uma mente aberta em relação ao sexo e às posições, é também muito importante manter boas linhas de comunicação, e isso significa respeitares-te a ti mesma e priorizar sempre um consentimento consciente.” - Cara

Fazer Mudanças

Não precisas de ser ginasta para experimentares novas posições sexuais. Na verdade, fazer algumas mudanças em certas posições pode ser uma ótima maneira de começar a explorar novos territórios. A posição de missionário, por exemplo! Pequenas mudanças neste clássico podem fazer com que descubram novas áreas de prazer.

A variação de "Pernas Fechadas", por exemplo: baseada na posição de missionário, mas com as pernas da mulher apertadas firmemente enquanto o homem a atravessa - intensificando o prazer a ambos. Adicionar almofadas é outra forma de melhorar esta posição tão comum - coloca uma almofada ou duas sob as nádegas da mulher para que os seus quadris sejam elevados – é excelente para uma penetração mais profunda. Se quiseres saber mais, dá uma vista de olhos nestas ?

P. Tens alguma posição sexual em particular que seja uma espécie de charme escondido para ti? Porque é que é tão boa?

A rapariga por cima funciona sempre. Se conseguires ultrapassar o desconforto de ele estar a olhar para ti fixamente, consegues ter controlo total sobre o prazer de ambos. Torna as coisas mais divertidas com uma música de RnB e uma lap dance.” – Vicky

Gosto especialmente quando estou por cima dele, e em vez de ficar quieta enquanto ele me penetra, mergulho o meu corpo (bom momento para uns beijos) e movimento as minhas nádegas para cima e para baixo num movimento sensual. Sinto que recebo muito mais estimulo desta forma – sinto cada parte do seu corpo – e posso dizer que ele também adora. A posição e os movimentos são íntimos para ambos e eu tenho controlo total sobre a profundidade e a rapidez da penetração. É definitivamente o meu movimento favorito.” – Cara

P. Se uma posição sexual tivesse um nome criado a partir de ti, qual seria?

“Rock n Roll – Adoro música rock, e esta posição sexual é perfeita para mim. Envolve estar deitada numa superfície plana, elevando os joelhos o mais alto possível. Ele fica em cima de mim e entra, e pode agarrar em qualquer parte do meu corpo para se apoiar! É ótimo para quando me sinto preguiçosa, uma vez que ele pode assumir o controlo e penetrar-me profundamente, levando-me a alguns orgasmos fantásticos! - Orla

E Momentos Embaraçosos?

Portanto, tiveste “a conversa” e começaste a experimentar novos movimentos. Experimentar posições e movimentos novos terá sempre os seus altos e baixos, por isso é importante seres capaz de te divertir enquanto as tentas. Quando passas de uma posição para a outra, pergunta ao teu parceiro(a) como se sente, e não tenhas medo de te rires um pouco enquanto percorres esse caminho. Afinal de contas, todos os casais têm uma ou outra história engraçada que os aproxima.

P. Poderias partilhar um momento embaraçoso que tenhas tido enquanto experimentavas posições sexuais com um parceiro?

“O incidente da cortina do banho, definitivamente!” - Orla

Como podes ver, quando o tema é posições sexuais, uma boa comunicação e uma mente aberta são o melhor remédio. Lembra-te que é um desporto de equipa, e nunca uma discussão unidirecional. Apimentar a vida sexual é um desafio saudável que deve ser feito a dois, e embora possa parecer um tema assustador, pode ser extremamente divertido e vir a juntar-vos ainda mais.

 

Muito obrigado às nossas convidadas, Orla, Vicky (www.vixmeldrew.com) e Cara (www.carasutra.co.uk) por responderem às nossas questões!