Breadcrumbs

Posições Sexuais Durex

Exercício

O Golfinho

Experimentar coisas novas com o teu parceiro é um dos melhores aspetos do sexo: a emoção de descobrir novas sensações e de teres a possibilidade de as partilhares com alguém de uma forma tão íntima. É pouco provável que algum de vocês já tenha experimentado esta posição antes. Descrito no Kama Sutra, o golfinho requer um nível alto de flexibilidade, por isso é aconselhável alguns exercícios de aquecimento antes de a experimentar.

Como Fazer:

Ela deita-se de costas na cama, e ele coloca-se ao seus pés. Ele agarra as ancas dela e levanta-as ao nível das suas, enquanto ela coloca todo o seu peso nos ombros, pescoço e na parte de trás da cabeça. Aguentando o peso da parte de baixo dela pelas ancas, ele penetra-a lentamente.

Vantagens:

Esta posição coloca imensa pressão na parede anterior da vagina, e possivelmente no ponto G, se for feita corretamente. A excitação desta posição juntamente com os músculos tensos necessários dele e dela, significa que ambos irão atingir o clímax muito rapidamente.

Desvantagens:

A desvantagem desta posição é que pode ser muito difícil de conseguir, e ainda mais difícil de manter. Mesmo que ele tenha a força necessária na sua parte superior, terá alguma dificuldade em a manter por demasiado tempo. Para além disso, ela ao estar de certa forma de cima para baixo por um tempo prolongado, poderá sentir tonturas. Se se sentirem desconfortáveis, experimentem outra coisa, ou façam uma pausa.

Alternativa:

Para quando o fluxo de sangue na cabeça for demasiado, a posição da poltrona reclinável proporciona o mesmo ângulo obtuso de entrada com os pesos de ambos assentes na cama. Ela deita-se de costas e ele senta-se diretamente em frente dela, com as pernas esticados para cada lado do corpo dela. Em seguida, ele agarra nas pernas dela e pousa-as no peito enquanto a penetra, inclinando-se depois para trás de forma a alcançar os ângulos desejados.

 

Entremeado

Esta posição não é tão complicada fisicamente quanto a do Golfinho, mas permite-vos ficarem mais atléticos e é precisa alguma prática antes de a introduzires regularmente na tua vida sexual. Esta posição permite a estimulação do Ponto G, pois o pénis é empurrado contra a parede anterior da vagina, e devido à forma como estão juntos, facilita a penetração profunda prolongada.

Como Fazer:

Em primeiro lugar, sentem-se à frente um do outro, e depois ela envolve as pernas em redor da cintura dele, apertando-as mais até que esteja numa posição em que ele a consiga penetrar. Ambos inclinam-se para trás e ele passa a perna sobre a cintura dela, com o seu pé em cima da sua outra coxa. Ele pousa o cotovelo para se manter equilibrado e para se poder movimentar.

Vantagens:

Esta posição coloca muita pressão na zonas já tensas e apertadas, garantindo prazer para ambos. O fato de estarem entrelaçados um no outro garante que a penetração seja longa e profunda, podendo também ser rápida e energética. Para além disso, quando ela se deita para trás deverá ter ambas as mãos livres para se tocar ou para estimular o clítoris.

Desvantagens:

Esta posição requer alguma prática para se aperfeiçoar, devido ao processo complicado do início, e até que tenham praticado bem o processo pode parecer como se estivessem a montar mobílias. Esta espécie de interrupção pode de certa forma estragar o clima e fazer com que um ou ambos os parceiros se sintam incomodados.

Alternativa:

Ela senta-se numa superfície à altura da cintura e abre as pernas para que ele a penetre. Assim que ele a penetrar, ela envolve as pernas em redor da cintura dele, apertando até que os calcanhares dela se encontrem com a parte de trás das coxas dele. Esta posição é direta, e parece um pouco como o origami, mas tem também aquela penetração prolongada e profunda e, ele ao ter os pés assentes no chão, permite um sexo mais rápido e energético.