Breadcrumbs

Posições Sexuais Durex: Íntimas

Íntimas

Posição de Colher

A posição de colher é uma ótima forma de iniciar ou de terminar uma sessão, ou algo que o casal pode fazer para ficarem mais íntimos um com o outro, pois permite uma maior aproximação ao parceiro, tanto fisicamente como emocionalmente. Contudo, não há razão para que fique à margem do sexo - tendo em conta a sua importância - esta posição oferece uma ótima oportunidade de penetração. Por alguma razão "posição de colher" foi das palavras mais procuradas no Reino Unido em 2013, sendo que não se sabe ao certo porquê.

Como Fazer:
Ela deita-se de lado com os joelhos ligeiramente dobrados, e ele deita-se por detrás dela com os joelhos também dobrados atrás dos dela. Agarrando nas ancas dela, ele puxa-as de encontro às dele, penetrando-a por trás.

Vantagens:
Esta posição permite um contacto mais próximo e uma ótima oportunidade para ele acariciar todo o corpo dela. Esta é uma forma de proporcionar sexo mais lento e mais intenso, pois o ângulo e a profundidade da penetração podem ser controlados com precisão, de forma a colocar pressão na parte de trás mais sensível da vagina.

Desvantagens:
Os beijos são algo complicados nesta posição, contudo, não são impossíveis. Pode ser complicado para ela se manter no momento, podendo sentir que está somente ali deitada, sem contacto visual.

Alternativa:
Ele deita-se de costas, de pernas direitas e juntas, com os braços de lado. Ela deita-se em cima dele, montando-o e guiando-o para dentro dela. Com a maioria do seu peso em cima dele, e com alguma ajuda dos braços, ela fecha as pernas, colocando-as em cima das dele, deslizando para cima e para. Isto é semelhante à posição de colher, mas dá a oportunidade de contacto visual e de posição de colher. Ela, ao conseguir fechar a pernas, aperta todos os músculos à volta da vagina, beneficiando tanto a ele como a ela.


A Lap Dance

Este nome é devido ao facto de ser semelhante aos movimentos utilizados por strippers. Estas danças consistem em criar uma intimidade intensa, distribuindo sexualidade sem necessidade de contacto, por isso quando inclui sexo, eleva a intimidade e a proximidade devido ao intenso prazer da penetração

Como Fazer:
Ele senta-se na beira da cama, e ela ajoelha-se na cama, montando-o com uma perna de cada lado, com os braços em volta dele. Em seguida ela baixa-se em direção a ele, permitindo-o dentro dela.

Vantagens:
Ela controla a situação e pode decidir o ritmo, o ângulo e a profundidade da penetração. As mãos de ambos os parceiros estão livres para tocarem um no outro (ou neles próprios) para estimulação manual. Esta posição pode ser extremamente íntima pois há muitas oportunidades para haver beijos, abraços e contacto visual. Após um período prolongado, torna-se muito intenso.

Desvantagens:
Esta posição requer muita força de músculos dela pois eleva-se e baixa-se sozinha para cima dele com as pernas. O contacto visual prolongado pode tornar-se demasiado intenso com o passar do tempo e fazer com que um dos parceiros fique inibido ou desconfortável.

Alternativa:
Dá a volta! Ele senta-se na mesma posição, mas ela senta-se no seu colo inclinada ligeiramente para a frente. Isto tem os mesmo benefícios da Lap Dance, mas usa um conjunto de músculos diferentes das pernas e quebra o contacto cara a cara. Ele também não ficará tão preso, podendo ter um papel mais ativo nesta posição. Significa também que irá colocar pressão em diferentes partes da vagina, e torna mais fácil alcançar o clítoris dela para estimulação manual. Por isso combina ambas!