Breadcrumbs

Como fazer uma mulher ter um orgasmo

O QUE FAZER PARA ELA SE VIR

Esquece os diamantes – o melhor presente que podes dar a uma rapariga é um orgasmo! A especialista em sexo Alix Fox partilha as suas dicas mais úteis para que os rapazes saibam como fazer uma rapariga atingir o orgasmo.

Não são só as mulheres que querem #OrgasmsForAll e que acreditam que os homens e as mulheres devem ter direitos iguais e orgasmos igualmente agradáveis. Muitos homens - todos aqueles que são atenciosos, decentes e merecedores - também defendem fortemente a convicção de que o sexo deve ser tão prazeroso e divertido para as mulheres como para os homens, e eles estão tão preocupados em fazer com que uma mulher tenha um orgasmo, como em ter o seu próprio prazer.

As motivações dos homens neste tema não têm apenas a ver com política e igualdade de géneros. Para muitos homens, saber que a sua companheira está a desfrutar e a ter prazer nos momentos a dois faz aumentar também o seu próprio prazer. Testemunhar (e sentir) o orgasmo de uma mulher pode ser uma experiência incrivelmente íntima, intensamente erótica e de conexão profunda, e saber que és capaz de oferecer essa senssação a alguém pode impulsionar o teu ego.

O que pode ser feito para que ela tenha um orgasmo?

Por vezes, levar uma companheira ao orgasmo não é fácil, especialmente porque nem todas as mulheres são iguais: o que funciona bem para uma pode deixar outra sem reação, e por vezes está relacionado com o saber agradar a sua mente, bem como o seu corpo.

No entanto, as seguintes orientações devem levar os homens ao caminho certo, e garantir que o processo de exploração e experimentação é em si agradável e positivo para ambas as partes.

  • Cria o cenário perfeito para ela se sentir ‘SSS’: Segura, Sensual e Sem Stress

Muitas mulheres dizem que a sua capacidade para ter um orgasmo depende de como elas se sentem emocionalmente, bem como fisicamente. Faz os possíveis por criar - e manter - uma atmosfera em que ela se sinta segura e confortável o suficiente para conseguir relaxar e conseguir soltar-se, isso fará com que ela se sinta sensual e livre, e não nervosa, apressada ou julgada.

Muita confusão pode distrair algumas pessoas de se concentrarem no prazer, por isso tenta fazer do teu quarto um espaço calmo, limpo e sereno. Mantem uma temperatura aconchegante (queres dar-lhe arrepios através de emoção, não do frio!), e tem um par de almofadas acessível para possas usar para sustentar a anca: isso pode dar um melhor acesso ao ponto G nas posições em que ela está deitada. Deita-a em lençóis de cetim ou seda e tapa-a com cobertores com pelo para uma sensação sensual extra na sua pele.

  • Aproveita o poder de um chuveiro

Partilhar um chuveiro é uma excelente maneira de começar um jogo sexual. Ajuda a relaxar, e pode fazer com que ela se sinta mais confiante, uma vez que está limpa e fresca antes de começarem as mais diversas atividades de proximidade como o sexo oral. Não há absolutamente nada de sujo, vergonhoso ou pouco atraente nas secreções vaginais de uma mulher saudável, mas um duche quente a dois apaga todas as preocupações que ela possa ter sobre ter transpirado ao longo dia.

  • Certifica-se que não faltam beijos

Leva o teu tempo e perde-te numa longa e indulgente sessão de beijos antes de desceres para qualquer lugar abaixo do cinto. Foi provado que os beijos diminuem a ansiedade, reduzem os níveis de cortisol, a hormona do stress, e aumentam as quantidades de serotonina no cérebro. Tudo isso dá lugar a uma namorada mais descontraída, que estará muito mais disponível para amar.

  • Elogia as zonas baixas do seu corpo

Quando estiveres pronto para ir para sul, certifica-te que a primeira coisa que fazes quando chegas aos seus genitais é dizer-lhe quão maravilhoso é olhar para eles. Tenta dizer algo como "O teu corpo é absolutamente maravilhoso." Todas as partes de uma mulher vêm em formas, tamanhos e cores diferentes, e muitas preocupam-se demasiado com as suas curvas não serem bonitas. Uma vez que é óbvio que amas o que vês e que te sentes privilegiado por ter acesso a uma área tão íntima, podes aliviar quaisquer preocupações que ela possa ter ao sentir-se exposta.

  • Combina sexo oral com sexo linguístico

Para além disso, certifica-te que ela ouve muitos elogios sobre o seu cheiro e sabores à medida que vais descendo sobre ela, uma vez que isso também pode ser uma fonte de ansiedade e pode impedir que ela se deixe ir, bloqueando assim a sua capacidade de se sentir bem. Tenta dizer-lhe "Adoro o teu sabor" ou "O teu cheiro deixa-me louco". Uma gota de lubrificante com sabor Durex Play Morango pode ajudar a deixá-la tranquila se ela ainda estiver nervosa em relação aos seus fluidos naturais (e dá um toque de diversão!).

  • Não prometas dar-lhe um orgasmo – dá-lhe um bom momento

Mesmo que as tuas intenções sejam boas, declarar que vais dar-lhe um orgasmo ou algo semelhante pode involuntariamente colocar pressão sobre ela, ao sentir-se na obrigação de ter um orgasmo para não te dececionar ou para não te deixar triste. Em vez disso, tenta dizer algo como "hoje à noite quero fazer com que te sintas maravilhosa, adorava que me dissesses o que gostas e o que te faz sentir melhor". Incentiva-a a sentir-se à vontade para falar contigo sobre o seu humor, os seus gostos e os seus desejos...

  • Melhor comunicação = melhor sensação

... e por falar em comunicação, tenta evitar perguntas como "Isto é bom?" – a tua companheira pode sentir-se desconfortável para responder algo como "Nem por isso!". Em vez disso, tenta fazer perguntas construtivas sem respostas de sim/não, como "Mais forte ou mais suave?"; "Mais rápido ou mais lento?"; "Gostavas de experimentar uma posição diferente ou gostas desta?" Dar opções como estas incentiva a tua parceira a expressar o que está de facto a pensar e a sentir e aquilo que realmente quer. Se ela pedir que mudes alguma coisa, não tomes como uma crítica; Diz "OK, eu vou fazer de forma X agora, mas continua a dizer-me como te estás a sentir." Ao manter esta comunicação, estás a descobrir o que a faz ter um orgasmo.

  • Usa a musica para medir minutos

Embora seja comum que uma mulher leve 20 minutos ou mais a ter um orgasmo *, algumas mulheres sentem-se tristes ao pensarem que estão a ser demasiado exigentes ao fazer um homem estimulá-las durante tanto tempo. Põe uma música a tocar, e diz à tua companheira "Vou dar-te prazer durante as próximas seis faixas" (à volta de 20 minutos). Isso permite que ela relaxe, sabendo que o prazer não vai parar inesperadamente, e também ajuda a garantir que estás a dar toda a tua concentração durante um período sem olhar para o relógio (o que pode levar a que ela pense que estás aborrecido, mesmo que na verdade estejas a tentar manter-te atento e presente!).

  • Usa preservativos modernos e brinquedos para potenciar sensações e ganhares vantagem

Os novos preservativos D têm uma textura especial no exterior para aumentar a estimulação dela durante a relação sexual, e são também revestidos com um gel multi-efeito que cria uma mistura de sensações de calor e calafrios e aumenta o fluxo sanguíneo nos órgãos genitais, realçando cada impulso de forma extraordinária. Naturalmente, para levar uma mulher ao orgasmo não chega apenas fazer deslizar um preservativo moderno dentro dela, mas inovações como esta enquanto tens o cuidado de a deixar à vontade e descobrir as técnicas físicas e as posições que lhe dão mais prazer, vai sem dúvida aumentar a probabilidade de que ela chegue lá!


Considera também o vibrador Durex Intense Orgasmic Pure Pleasure, um gadget bastante útil que está do teu lado quando se trata de deixar a tua companheira satisfeita. Os homens podem por vezes sentir-se ameaçados por brinquedos sexuais e vê-los como “potenciais substitutos do seu pénis” ou como “competição” quando na verdade, eles não são inimigos, são aliados - ferramentas que te ajudam a tornar um amante ainda melhor.

Queres mais dicas? Vai aqui, aqui e aqui

 

* Masters, William H.; Johnson, Virginia E.; Reproductive Biology Research Foundation (U.S.) (1966). Human Sexual Response. Little, Brown.

Alix Fox

Alix Fox é uma jornalista premiada, locutora de rádio e educadora sexual. Apresenta o podcast sobre sexo do The Guardian -“Close Encounters”; é conselheira sexual residente no programa de televisão Modern Mann; e é consultora de sexo e relacionamentos na Durex. Podes encontrar artigos da Alix em publicações como Marie Claire, Glamour, Cosmo, LOOK, Time Out, Vogue, The Independent e muito mais, e colabora frequentemente com a Brook, um programa de caridade que trata a saúde sexual. Acredita fervorosamente que as conversas sobre sexo devem ser abertas e honestas e acha que todos deveriam ter acesso a informação fiável ​​que os ajude a tornarem-se pessoas mais livres, saudáveis ​​e sexualmente felizes.