Breadcrumbs

Vamos vir-nos juntos

VAMOS VIR-NOS JUNTOS!

Não tens problemas em vir-te sozinha, mas é difícil quando estás acompanhado? Dá uma vista de olhos nas dicas da Alix Fox para aumentar a probabilidade de atingires o orgasmo com o teu parceiro.

Aprender quais são os tipos de toque que te excitam, que te aquecem e te fazem começar a masturbar e experimentar ter prazer sozinha é uma parte crucial de conhecer o teu “eu” sexual. Descobrir o que funciona contigo estabelece uma excelente base para teres relações sexuais incríveis com o teu parceiro.

No entanto, não é incomum para as mulheres descobrirem que mesmo que sejam capazes de atingir o orgasmo quando não há ninguém por perto, quando estão com um amante, os orgasmos são bem mais difíceis de acontecer.

As influências físicas e psicológicas podem ser as culpadas dessa situação: podes não estar a receber o tipo ou grau de estimulação que precisas, ou podes não te sentir suficientemente relaxada para te deixares ir.

O Gel Durex Intense Orgasmic pode “dar uma mão” aos teus orgasmos, ao aumentar a sensibilidade do clitóris durante a relação sexual. Mas nenhum produto é perfeito nem a solução completa para todas, especialmente se os elementos emocionais te estão a afetar.

Deixamos-te com algumas sugestões que podem ajudar a que as relações sexuais a dois sejam incríveis e fazer com os orgasmos aconteçam com maior frequência - mesmo quando tens companhia.

MOSTRAR E PARTILHAR:

Masturba-te em frente ao teu parceiro, para que ele possa perceber exatamente onde e como preferes ser estimulada através da maior especialista - tu! Além de ser um exercício educacional, pode ser profundamente erótico. Obriga o teu amante a sentar-se numa cadeira de frente para a cama, diz-lhe que vais fazer um espetáculo para ele e exige a sua atenção. Se o uso uma linguagem mais picante vos excita, faz com que cada palavra descreva os movimentos que fazes: o ponto em que estás a tocar, a velocidade a que vais, se estás a mover os dedos em círculos ou a acariciar para cima e para baixo. Além de ser extremamente sensual, vocalizar o que está a acontecer vai ajudá-lo a memorizar, para que possa ser ele a pôr em prática mais tarde.

ESCONDER E ESPREITAR:

Se masturbares-te enquanto o teu companheiro assiste faz com que te sintas nervosa ou tímida, podes pedir-lhe para olhar para ti através de uma porta entreaberta. Isto ajuda algumas mulheres a sentirem-se como se fossem a única pessoa no quarto, por isso é mais fácil desinibirem-se, e muitos homens consideram que o voyeurismo de "espiar" o momento privado da sua parceira é extremamente excitante. Outra opção é fazer com que ele se sente atrás de ti - assim não o vês a assistir - e coloca as mãos dele sobre as tuas, para que ele possa sentir exatamente como estás a massajar-te e a acariciar-te.

PROCURA POSIÇÕES SEXUAIS QUE IMITEM A FORMA COMO TE MASTURBAS:

Costumas deitar-te em cima do estômago enquanto te masturbas? Talvez costumes apertar as pernas uma na outra? Experimenta ter sexo em posições semelhantes àquelas que te fazem vir enquanto te masturbas sozinha, para replicar o efeito.

PRATICA COM UM VIBRADOR:

Comprar um vibrador ou um dildo com aproximadamente o mesmo tamanho e formato do pénis do teu companheiro para usar sozinha pode ajudar-te a perceber quais os ângulos de entrada e o ritmos que melhor se adequam a vocês.

TORNA-TE UMA MESTRE AO USAR UMA VENDA:

Num mundo ideal, todos nós nos sentiríamos orgulhosos, sem vergonha e em paz com o nosso corpo. Esse tipo de positivismo é definitivamente um objetivo incrível de atingir. Mas, entretanto, existem formas de trabalhar quaisquer complexos que possas ter enquanto tentas perceber o que sentes em relação a cada um deles; truques que te ajudem a sentir suficientemente livre e confiante para que possas desfrutar do sexo da melhor forma possível… o que pode fazer com que te sintas melhor contigo mesma.

Se tens consciência de como és durante o sexo, uma venda nos olhos pode ser uma ferramenta mágica. Coloca uma no teu companheiro para não te sentires observada (tapar a visão vai fazer com que os outros sentidos fiquem mais apurados, o que vai fazer com que ele se sinta mais excitado também). Ou coloca-a em ti mesma: pode ajudar-te a focares-te no toque e nos movimentos, em vez de te distraíres com a tua aparência. Adicionalmente, uma vela pode ser tranquilizante, além de romântica. Escolhe velas perfumadas para melhorar ainda mais o ambiente.

VÊ SE A TAC TE FAZ RONRONAR:

A Técnica de Alinhamento Coital ('TAC') é uma posição sexual projetada para maximizar a estimulação do clitóris durante a relação sexual. É muito parecida com a posição de missionário básica, exceto que uma vez em cima, o homem desliza até cerca de quinze centímetros mais acima do corpo da mulher do que o habitual, então o eixo ou raiz do seu pénis é pressionado contra o clitóris. Podes envolver as tuas pernas à volta dele ou mantê-las juntas. Um impulso rápido é difícil nesta posição, mas balancearem-se suavemente juntos pode fazer com que ela atinja o orgasmo com resultados alucinantes.

VAI À CASA DE BANHO ANTES DE UM ORGASMO:

Urinar após o sexo ajuda a prevenir infeções urinárias, já que liberta qualquer bactéria que tenha entrado na uretra durante a relação sexual. Mas urinar antes do sexo também é uma boa ideia. Algumas mulheres sentem que estão prestes a fazer chichi momentos antes de terem um orgasmo, então contraem-se, com medo de se molharem. Se souberes que a tua bexiga está vazia vais-te preocupar menos e podes deixar a sensação desenvolver até atingires o orgasmo.

FAZ UMA LISTA DE MÚSICAS PARA OS MOMENTOS DE BRINCADEIRA:

Sexo com música não só cria uma atmosfera sensual como também oculta ruídos, como o ranger da cama - o que pode ser um anticlímax se estiveres preocupada com o que a tua família ou colegas de casa possam ouvir, ou apenas por sentires que esse barulho é uma distração. Além disso, vamos ser francos: há barulhos impossíveis de controlar durante o sexo, como os flatos vaginais! Estes são o resultado natural do ar a ser forçado pelo pénis para dentro da vagina - e a sair novamente - é melhor rir ou ignorá-los, uma vez que eles podem ser constrangedores para algumas pessoas, ao ponto de arruinarem o humor e a possibilidade de vir a ter o orgasmo. A música pode ajudar a encobri-los, e levares o teu parceiro a rodar as ancas suavemente vai fazer com que os flatos vaginais sejam menos prováveis de acontecer. É assim que se fala!

Alix Fox

Alix Fox é uma jornalista premiada, locutora de rádio e educadora sexual. Apresenta o podcast sobre sexo do The Guardian -“Close Encounters”; é conselheira sexual residente no programa de televisão Modern Mann; e é consultora de sexo e relacionamentos na Durex. Podes encontrar artigos da Alix em publicações como Marie Claire, Glamour, Cosmo, LOOK, Time Out, Vogue, The Independent e muito mais, e colabora frequentemente com a Brook, um programa de caridade que trata a saúde sexual. Acredita fervorosamente que as conversas sobre sexo devem ser abertas e honestas e acha que todos deveriam ter acesso a informação fiável ​​que os ajude a tornarem-se pessoas mais livres, saudáveis ​​e sexualmente felizes.