Não está na hora de desafiarmos as normas sexuais? Durante demasiado tempo existiram estigmas perigosos em torno das muitas facetas do sexo.1 

A verdade é que há muitos factos concretos sobre o sexo que não estão a ser simplesmente abordados nas conversas. O sexo pode ser incrível, pode enriquecer as nossas vidas, melhorar o nosso humor e solidificar o nosso amor pelos nossos parceir@s. Mas também pode ser estranho, abaixo do esperado e dececionante. E, em certos casos, uma experiência desconfortável. 

2/3 DE NÓS NÃO ESTAMOS TOTALMENTE SATISFEITOS COM A NOSSA VIDA SEXUAL  

Disse que eu preciso de gemer assim. Eu devia parecer assim. Swipe left. Double Tap. A foto de perfil perfeita... 

Na era das aplicações de encontros, pode ser tão fácil para nós nos deixarmos levar pela ideia do sexo rápido. Estes ambientes podem muitas vezes reduzir o sexo a um estereótipo – encontrar alguém por quem te sentes atraído, swipe right, encontrarem-se, fazer sexo e seguir em frente. Por que tem que ser assim? Estamos todos sob pressão, e basta. 

O sexo não é um conceito único. Sexo pode significar o que tu quiseres que signifique. Queremos que explores o sexo da maneira que TU queres explorá-lo. Vai ao teu próprio ritmo. Se estás a fazer sexo, procura o que funciona e o que não funciona para ti, se não estás a fazer sexo, ainda pode ser calorosamente bem-vindo à discussão. 

PREOCUPA-TE MENOS COM A APARÊNCIA QUE "DEVERIA". CELEBRA COMO TE SENTES 

É hora de abrirmos a conversa de sexo para aqueles que podem não estar representados. Na era das redes sociais, a conversa precisa de ser inclusiva, progressista e acolhedora para todos. 

Se és bissexual, gay, hétero ou pansexual, queremos que pares de te preocupar com 'como o sexo deve ser' e comeces a falar sobre as questões sexuais que são importantes para ti como um indivíduo único. 

DESDE A PRIMEIRA VEZ, ATÉ "NÃO, NÃO DESTA VEZ". DEITA FORA DEFINIÇÕES E DEIXA DE LADO AS TRADIÇÕES 

Precisamos quebrar normas, quebrar tabus e abrir a discussão para todos. O sexo é uma coisa bonita, mas a desinformação pode levar a danos, tanto físicos como emocionais. Só com as discussões que não estão a ser travadas é que abriremos a palavra a todos e mudaremos verdadeiramente o panorama do sexo real. 

TU É QUE SABES. OU ELE. OU ELA, ELES, ELAS E NÓS. AMOR É AMOR, NÃO IMPORTA A TUA ORIENTAÇÃO 

Os mitos em torno do sexo precisam ser desafiados, crescemos a ouvir estatísticas infundadas sobre sexualidade. 

A sexualidade é um espectro2 e está na hora de falarmos sobre isso. 2 em cada 3 de nós não estão felizes com nossas vidas sexuais, vamos desafiar as normas sexuais e explorar como podemos mudar isto. 1 em cada 2 de nós não foi testado para DST, todos nós precisamos olhar no espelho e nos perguntar porquê? 

Vamos fazer do sexo para todos, vamos quebrar normas, vamos combater os tabus, vamos promover a inclusão, mas o mais importante, vamos quebrar expectativas.

Artigos Relacionados

Preservativos 101: O Guia de Compra Durex

Lubrificado ou texturizado, de látex ou sem látex? Encontre o preservativo certo para ti
Saiba mais

Masturbares-te pode melhorar a tua vida sexual?

O jogo a solo pode ajudar-te a ter um sexo mais sensacional? Hora de descobrir
Saiba mais